2009-01-13

Rating da Dívida em Vigilância Negativa

A Standard & Poor’s, agência de notação de risco, colocou em vigilância negativa o rating da dívida da República portuguesa e avisou que uma decisão de baixar a notação nos próximos dois ou três meses vai depender da evolução das políticas orçamentais e financeiras do Governo. Esta foi a mesma decisão que foi tomada em relação a Espanha e à Grécia.

Isto traduz a preocupação da Standard & Poor’s relativamente à capacidade do Estado português de cumprir com as suas responsabilidades orçamentais, colocando maior pressão no sentido de emissões de dívida pública.

Neste momento, Espanha tem uma notação de AAA, a notação máxima na escala da S&P, Portugal tem um rating de AA- e a Grécia de A.

Para os restantes países europeus, a agência de notação de risco manteve a notação estável atribuída anteriormente.

1 comentário:

Amêijoa Fresca disse...

Por medidas insuficientes /
que este (des)Governo tem tomado, /
nas mãos destes incompetentes /
mais caro ficará o dinheiro emprestado.

A crise é a culpada /
por todo o nosso mal, /
este mestres da trapalhada /
minam a confiança em Portugal!

O descrédito é monumental /
nestes "socialistas" no poder, /
a confiança internacional /
continuará a decrescer!

Com uma redução da classificação, /
o crédito mais caro ficará, /
pois, a dívida desta Nação /
tão breve não se reduzirá!

Um grande aumento tem ocorrido /
na dívida pública nacional, /
pois, este (des)Governo não tem desvanecido /
a nossa “doença” estrutural.

Em mais de 30 por cento aumentou /
nos últimos anos, a dívida nacional, /
mas, o ministro que muito falou /
não admite este péssimo sinal!

Fora do euro em breve estaremos, /
fruto das péssimas políticas orçamentais, /
depois, todos nós viveremos /
com moeda feita de outros metais!

Não temos dinheiro para tanta ambição, /
de mais obras realizar, /
outros países têm razão, /
nos impostos baixar.