2009-01-28

Nova Esperança para a Qimonda

O governo do estado alemão da Saxónia pretende auxiliar a Qimonda, evitando assim a perda de milhares de trabalhadores, incluindo os da fábrica de Dresden e os da fábrica em Vila do Conde. Por outro lado, a falência da Qimonda colocaria em risco as restantes empresas de tecnologia da região que empregaram mais de 40 mil trabalhadores.

A Qimonda Portugal é a maior fábrica europeia de montagem e teste de produtos de memórias, e pertence à Qimonda AG, sedeada na Alemanha. A produção de semicondutores, nomeadamente de memórias DRAM, é destinada não só a computadores, mas também a leitores de MP3, telemóveis, câmaras fotográficas digitais e consolas de jogos.

Em 2007, segundo os dados revelados pelo INE, a unidade portuguesa da multinacional alemã ficou no primeiro lugar das empresas exportadoras em termos absolutos e no ranking dos exportadores para fora da União Europeia. No total, as exportações da Qimonda Portugal chegaram aos 1,6 mil milhões de euros, representando cerca de 1.0% do PIB português.


1 comentário:

Tiago disse...

Gostaria de sugerir um bom vídeo sobre a abordagem do tema Qimonda no Parlamento, em http://www.youtube.com/watch?v=jR5sbzcxw7s.

Aconselho vivamente